“A GESTÃO E A RESPONSABILIDADE CIVIL DO ADVOGADO:DESMISTIFICANDO O FUTURO DA ADVOCACIA”

Os indicadores são essenciais quando falamos em planejamento, pois é através dele que podemos evidenciar os resultados almejados, em ações vinculadas aos resultados definidos. Toda e qualquer informação contida nos indicadores de desempenho são utilizadas para as tomadas de decisões, e principalmente para seu replanejamento.

Para que se desenvolva é necessário que o escritório jurídico implemente em sua organização física uma estratégia de melhoria, onde nosso primeiro passo é realizar uma auto-avaliação inicial, de modo a levantar suas necessidades, bem como as de seus interessados (clientes), realizando seu planejamento estratégico.

“Não se gerencia o que não se mede não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, não há sucesso no que não se gerencia.” (Deming)

…mas basta apenas medir?

…como as medidas orientam as ações e os processos decisórios?

Toda e qualquer organização que tenha seu foco voltado para resultados, torna-se essencial o uso de indicadores de desempenho para que seja avaliado antes de qualquer tomada de decisão. (Instrução Provisória de Sistema de Medição do Desempenho Organizacional, p. 1-1)

Não é diferente no escritório jurídico onde o advogado, por meios legais, tenta o máximo convencimento do juiz para o ganho de sua causa, tendo então seu principal foco no Resultado de um Processo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: